Imprensa Sindical por Val Gomes

x

Fale comigo

Preencha os campos abaixo e deixe sua mensagem

SUPERAR A EXAUSTÃO!

 

Quase todos estamos cansados, adoecidos, desanimados, envolvidos por pautas secundárias ou no limite da desorientação. O sindicalismo também vive seu momento de exaustão, após tanta recessão, desemprego, ataques a direitos e perda de recursos pra atuar ou resistir.
Mas o sindicalismo ainda tem reserva de energia. Essa reserva está nas bases e na própria experiência acumulada. Devemos, portanto, nos reabastecer, ser orientados e também orientar.
A atualidade dispensa gestos épicos. A época pede gestos simples, que gerem resultados com o uso mínimo de recursos e energia.
Exemplos: ir à base todo dia; ouvir; ser ouvido; encaminhar pautas; buscar ganhos por local de trabalho – PLR, eleição de Cipa etc.; mais comunicação pelas redes sociais; promover nossos vídeos  (Facebook, com R$ 100,00 se consegue bom resultado); dialogar mais entre as próprias direções e entidades; mais parcerias pra que uma entidade possa utilizar a estrutura da outra.
O que revigora um sistema é a quantidade de energia que se põe dentro dele. A Conclat, por exemplo, pode ensejar essa oportunidade.
Sugestões: além da ação sindical, defender a vacinação geral, especialmente das crianças; denunciar pontualmente o descaso na saúde pública; uma categoria apoiar as lutas da outra, um Sindicato divulgar as conquistas próprias e alheias. E assim por diante.
Precisamos vencer o estado de exaustão, apoiados nas pautas da base e do povo.

AGÊNCIA SINDICAL – SP – 31 de janeiro de 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *